quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

OUTRO ANO... A MESMA SAUDADE !!!

para todos os Amigos que, um dia, estiveram na
Base Aérea nº. 3

com muita Saúde, Paz, Amor e Fraternidade!

sábado, 12 de dezembro de 2009

Do Natal... resta a saudade!

e um ANO NOVO cheio de paz, alegria, saúde e trabalho!
Aos Amigos que vivem a saudade da sua Base...
...àqueles que continuam a dar-me o prazer de me ir lendo...
...a todos os que "fizeram" a BA3 e vivem aquela saudade só possível de ter-se quando se ama:
QUE TENHAM UM SANTO NATAL, MAS ESTE ANO NÃO TEREMOS LÁ O PAI NATAL!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

No Advento... já é Natal!!!

Neste tempo de Advento, a Base Aérea nº. 3 já tinha delineada uma estratégia para celebrar o nascimento de Jesus de uma forma condigna... se atendermos ao facto de que se tratava de Unidade com enorme população jovem, constituída por formandos dos vários cursos ali ministrados. Mas também existia uma zona residencial bastante importante, o que aumentava a responsabilidade de se promover a celebração do Natal de uma forma marcante.
O Capelão era a pessoa que planificava aquilo que havia a fazer em termos da religiosidade dos eventos, mas também se dava um cunho natalício a algumas camaratas, aos clubes, Messes, Cantina e à Capela, como é lógico acontecer.
Os presépios eram montados, as árvores de Natal, preparava-se a festa para as crianças, filhos do pessoal Militar e Civil, com todo o carinho possível... porque a Consoada não iria ser ali feita para toda a gente, nem mesmo para os moradores do Bairro. Restava o pessoal de serviço e alguns que seriam de mais longe e não iam ter tempo para se deslocar a casa... porque serviço é serviço, conhaque é conhaque, e a tropa é para se marchar, não para andar a fazer festinhas de Natal.
O que é certo é ir celebrar-se a Missa do Galo na Capela da Base, ou nas Madeiras, se o Comandante estiver pelos ajustes e colocar um autocarro à disposição! É que ainda são uns quilómetros e depois da ceia deve ser um pouco complicado. O que interessa é que os Recrutas tenham a noção de que naquela Unidade o nascimento de Jesus não é olvidado, porque todos sentem orgulham em poder dizer "GLÓRIA A DEUS... PAZ NA TERRA...", mesmo sendo Militares ao serviço de Portugal!